Inglês, viagens e intercâmbios

Olá, futuros aspirantes a missões evangelísticas, já faz alguns dias que não posto por aqui, mas a partir de hoje, volto a ativa semanalmente. Na postagem de hoje, gostaria de compartilhar como efetivamente comecei minha caminhada missionária, e como o Senhor me abriu as portas nesse ministério.

 Desde que me converti Deus lançou a promessa que me enviaria a muitas nações para levar sua palavra. Para quem está na igreja de Cristo, a primeira ideia que vem é que o Senhor vai preparar muitos convites para ministração em igrejas espalhadas pelos quatro cantos. Mas não foi bem assim que aconteceu e, sinceramente falando, Deus tem diversas maneiras de trabalhar e os pensamentos dEle são bem mais altos que os nossos.

O papel da língua inglesa em minha vida

32921506155_354c92fccd_oDeus vê tudo lá na frente e a gente não tem ideia que os caminhos que seguimos ainda longe dEle poderá nos levar a ganhar habilidades para vivermos nosso chamado. A língua inglesa começou a fazer parte de minha vida quando eu era bem pequena. Adorava músicas em inglês, as cantava e também as traduzia numa época que a internet nem existia, e tínhamos que recorrer ao uso do dicionário manual. Eu era a primeira da turma de inglês no ensino fundamental e segui minha vida amando esse idioma. Foi através dele que o Senhor começou abrir milhares de portas em minha vida, numa época que pouquíssimos brasileiros falavam o idioma, pois não tinha a expressão econômica no Brasil, como nos dias de hoje.

 Viagens

Sempre amei viajar, mas quando pequena não viajava nada. Minha família não era disso. Eu sonhava vendo revistas juvenis, as quais as meninas faziam intercâmbio e contavam suas histórias em outros países. Também lia as revistas de turismo que minha cunhada costumava assinar. Me maravilhava com as histórias e sonhava a fazer tudo aquilo um dia, até que esse dia finalmente chegou. Conhecia tudo de lugares e amava geografia. Fiz minha primeira viagem sozinha, logo que completei 18 anos, junto com o pessoal da formatura do colégio e fomos para a cidade de Porto Seguro por uma semana. Depois dessa viagem, nunca mais parei.

 Intercâmbios e afins

Para quem sonhava muito em fazer um intercâmbio, eu acabei fazendo três de diferentes estilos. Na primeira vez, tive uma tentativa frustrada de tentar ser Au Pair nos Estados Unidos. Fiz todo protocolo, já estudava inglês, tinha todos os requisitos, mas não fui escolhida por nenhuma família americana até que a agência brasileira de intercâmbio que eu havia feito inscrição, me ligou para cancelar minha ficha de inscrição e devolver o investimento pago. Já havia passado muito além do tempo da escolha para o programa e ninguém havia me escolhido. Vi todas as pessoas que haviam feito a inscrição junto comigo viajarem, contudo, eu acabei ficando com um sonho frustrado. Não havia o que fazer. Mesmo assim, mal eu sabia que Deus já estava preparando uma oportunidade que seria o intercâmbio da minha vida. Fiquei bem triste, mas não desisti e resolvi apostar em outra bela possibilidade. Nas próximas postagem estarei contando tudo com maiores detalhes por quais caminhos resolvi percorrer para realizar meu sonho.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s