Porque pagamos para trabalhar o dia inteiro de graça ?

Diário de Missões

Saiba como é o dia-a-dia de um missionário através das minhas impressões do campo.

Essa é a pergunta que qualquer pessoa faz quando contamos o que fazemos da vida. Todos os missionários, incluindo líderes e temporários, não recebe nada para trabalhar em período integral em qualquer base da Jocum.

Mas por quê não recebemos nem ao menos o dinheiro da hospedagem e da comida? Essa é a pergunta que eu mesma me fiz ao embarcar para essa aventura. Depois de quase um ano e meio experienciando esse estilo de vida, vou relatar o que acontece nos bastidores da obra missionária no mundo, segundo as minhas experiências.

Por quê milhares de pesssoas deixam seus familiares, cidades ou até países para ajudar desconhecidos sem nada em troca?

Por quê as organizações missionárias não ajudam os missionários com o dinheiro que arrecadam em doações? Se os missionários não ganham salários, como vivem? Por quê trocar uma vida certa por uma vida incerta? Qual o papel que a igreja faz na vida da maioria dos missionários? Por quê o povo de Deus que deveria ser o primeiro a sustentar missionários, não sabe nada de missões ou quando sabe, nem se importa com isso? Missionário trabalha mesmo ou pega o dinheiro suado que recebe dos provedores financeiros para gastas em viagens e diversão em outro país? Se missionário tem que pagar por todas as suas despesas, como eu faço para exercer meu chamado missionário, se eu não tenho dinheiro?

Essas e as perguntas mais comuns sobre missões e missionários que todo mundo pergunta ou que não tem coragem de perguntar serão assuntos das minhas publicações sobre missões na real.

Depois de um ano e meio servindo aqui na Jocum, cinco anos viajando o mundo nas férias fazendo voluntariado em hostels com direito a acomodação e, muitas vezes, alimentação incluída, eu vou te contar qual é a diferença entre as duas maneiras de servir a Deus em viagens para que você entenda quais são as melhores opções de servir e como você deve fazer para viver o seu chamado, seja no campo ou contribuindo com a obra missionária, nos quatro cantos da terra.

Fique ligado nas próximas postagens e aprenda a realidade sobre missões cristãs comparando os dois contextos que eu já experienciei na vida. Tem muita história. Não perca as postagens!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s